Ideal Ambiental

Saiba o que fazer com pilhas, baterias, lâmpadas e outros resíduos em Curitiba!

« Voltar


Em Curitiba a separação dos resíduos reciclável e orgânico já é algo bastante comum entre a população. Entretanto, muitas pessoas não sabem que existem certos materiais que não podem ser descartados no lixo comum e exigem um cuidado especial: o lixo tóxico (ou resíduo especial). Pensando nisso, a Prefeitura de Curitiba disponibiliza um caminhão para a coleta do lixo tóxico fazendo assim a destinação correta desse tipo de resíduo.

O que é o lixo tóxico? 

O lixo tóxico é todo resíduo descartável que contem compostos químicos que afetam o meio ambiente. Eles são nocivos tanto à natureza quanto ao meio ambiente e podem ser despejados por grandes empresas e indústrias que movimentam esses tipos de compostos até cidadãos comuns que despejam seu lixo naturalmente. Boa parte do lixo tóxico é proveniente de residências. 

Podemos encontrar lixo tóxico em baterias, alguns tipos de tintas, resíduos industriais, pilhas, óleo de cozinha, lâmpadas, embalagens de inseticidas, medicamentos vencidos, solventes, entre outros materiais que contém metais pesados.

Riscos à saúde 

Os danos à saúde causados por lixo tóxico são os mais variados possíveis e constantemente são descobertos novos problemas. Os resíduos liberados por esse tipo de lixo podem se acumular nos primeiros níveis das cadeias e teias alimentares, podendo extinguir espécies e ainda causar gravíssimos problemas de saúde nos humanos. O maior problema de saúde encontrado devido esses resíduos é intoxicação que ocorre através dos componentes químico, sendo a maioria dessas intoxicações causadas por pilhas. Em casos mais sérios, as pessoas podem desenvolver tumores malignos nos ovários e mamas no caso de mulheres e na próstata e testículos nos casos de homens. 

Como descartar?

Os materiais tóxicos devem ser armazenados em casa e separados do restante do lixo para evitar riscos à saúde e ao meio ambiente e podem ser destinados à coleta especial da Prefeitura de Curitiba. 

A coleta é feita por um caminhão específico, que a cada dia útil do mês fica estacionado em um terminal de ônibus de Curitiba, à espera dos itens levados pelos moradores da região. Cada pessoa pode levar até 10 kg de materiais como: pilhas, baterias, toner de impressão, embalagens de inseticidas, tintas, medicamentos vencidos, lâmpadas fluorescentes (até 10 unidades), óleos de origem animal e vegetal (embalados em garrafas PET de 2 litros).

O caminhão fica nas proximidades dos terminais das 07:30 às 15 horas. Confira abaixo o calendário e os terminais que recebem o caminhão da coleta de lixo tóxico no ano de 2015: 



Mais informações em: http://www.curitiba.pr.gov.br/servicos/cidadao/lixo-toxico-domiciliar-recebimento/702



Fonte: Prefeitura de Curitiba / Cultura Mix